Trajetória

Cantora, compositora, violonista e pianista, a japonesa Kana, radicada em São Paulo há 19 anos, viajou todo o Japão cantando música brasileira e jazz, acompanhada pela banda Hiroki Trio, antes de se mudar definitivamente para o Brasil, em 1995, onde vem desenvolvendo um trabalho de pesquisa sobre os diversos ritmos da música brasileira. De tal pesquisa resultou seu primeiro CD, Do Japão ao Ceará (independente, 2001), que a levou a fazer shows também no Paraguai. 

 

Em 1999, obteve o 1º lugar em sua primeira participação em um festival, o FAMPOP (Avaré-SP), com o xote Bye Bye, Japão

 

Em 2001, recebeu o prêmio de Aclamação Popular, com a mesma música, no Festival de Tatuí-SP. No mesmo ano,  foi vencedora do 1º Ribeirão Criança, festival de música infantil (Ribeirão Preto-SP), com a música Balão (Doki Doki)

 

Em 2002, fez 30 shows no Japão, mesclando canções de sua autoria com sucessos de Luiz Gonzaga

 

Em 2003, teve sua canção Raízes (Kaeroukana) escolhida pela Mastercard japonesa para um comercial de TV. No final desse mesmo ano, voltou ao Japão, para outra série de shows. 

 

Em janeiro de 2004, apresentou-se na cidade italiana de Bolonha, na casa Bravo Caffè, e em junho do mesmo ano voltou ao Japão, para lançamento de seu CD Primeiro (Liberty Sound). No segundo semestre, lançou no Brasil seu segundo CD, Imitação (independente). Nesse mesmo ano, sua valsa Raízes foi a canção-tema do documentário "Watashino Kisetsu (Minha Estação)", do diretor Shigeru Kobayashi, que venceu o Festival de Cinema Mainichi Shinbun, o mais importante do Japão. 

 

Em Janeiro de 2005 passou a frequentar o Clube Caiubi de Compositores, cujo curador foi, durante anos, Zé Rodrix. Ali, uniu-se aos compositores caiubistas Alê Cueva, Álvaro Cueva, Marcio Policastro e Léo Nogueira, e montou o grupo 4+1, com quem se apresentou durante dois anos aproximadamente. 

 

Em outubro de 2008, voltou ao Japão para uma série de shows de lançamento de seu terceiro CD, Imigrante (Koala Records), que contou com participações de Milton Guedes, Tavito, Vasco Debritto (também produtor do CD), Zeca Baleiro e dos uruguaios Dany López e Samantha Navarro. Destaque no repertório para Eclipse, canção do cubano Paquito D’Rivera com letra de Léo Nogueira.

 

Em dezembro de 2011 fez um único show em Madri (Espanha), na casa La Cueva del Bolero, e voltou ao Japão para uma série de shows. Além de seu trabalho autoral, Kana vem sendo convidada com frequência a participar em discos alheios, inclusive fora do Brasil, como nos dos uruguaios La Dulce e Daniel Drexler

Seu quarto CD, Em Obras, foi lançado em 2013 no Centro Cultural São Paulo. No repertório, destaque para O Amor Viajou, parceria de Kana com Zeca Baleiro, também gravada no mais novo CD deste, O Disco do Ano, e regravada pelo próprio Baleiro no DVD(/CD) Calma Aí, Coração, que contou com a participação de Kana nos extras.